Arquivo da tag: Brutus?”. Processo Penal. A ética e a má-fé na produção de provas. art. 565 CPP.

“Até tu, Brutus?”. Processo Penal. A ética e a má-fé na produção de provas. art. 565 CPP.

A consagrada expressão, no direito, é um princípio que veda o comportamento dúbio, contraditório, afastando-se a má-fé, pois ninguém pode se beneficiar da própria torpeza, isto é, não cabe à parte que deu causa a uma nulidade processual, fazer uso dela em seu próprio benefício. Continuar lendo

Anúncios
Publicado em cidadania, curiosidades, direito, Direito Processual Penal | Marcado com , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário