1971: Rod Stewart. Maggie May. De Busker a rockstar.

Rod Stewart, de busker (pessoa que toca em lugares públicos por dinheiro), deportado da Espanha por vadiagem, a fenômeno mundial da década de 70.  No site http://www.upchucky.com é possível ouvir músicas por décadas, por cantor, por ano. Sempre bom viajar no tempo. Abaixo um gostinho do ano de 1971, com a música que consagrou Rod Stewart no cenário mundial, colocando-o no primeiro lugar das paradas americanas. Em 1975, o inglês Rod Stewart mudou-se para os EUA, pede cidadania americana devido ao romance que teve com a atriz Britt Ekland. Em 1976 estoura novamente agora com o sucesso “Tonight’s the night”. Uma coisa é certa: sua voz áspera e rouca conquistou inúmeros fãs, seu estilo despojado e leve, uma mistura de Rolling Stones com folk e blues levaram seu nome a ser conhecido mundialmente.

E para você acompanhar toda a leveza dessa década tão curiosa, aí vai a letra de Maggie May, 1971:

Wake up Maggie I think I got something to say to you
It’s late September and I really should be back at school
I know I keep you amused but I feel I’m being used
Oh Maggie I couldn’t have tried any more
You led me away from home just to save you from being alone
You stole my heart and that’s what really hurts

The morning sun when it’s in your face really shows your age
But that don’t worry me none in my eyes you’re everything
I laughed at all of your jokes my love you didn’t need to coax
Oh, Maggie I couldn’t have tried any more
You led me away from home, just to save you from being alone
You stole my soul and that’s a pain I can do without

All I needed was a friend to lend a guiding hand
But you turned into a lover and
mother what a lover, you wore me out
All you did was wreck my bed
and in the morning kick me in the head
Oh Maggie I couldn’t have tried anymore
You led me away from home ‘cause you didn’t want to be alone
You stole my heart I couldn’t leave you if I tried

(Really long Guitar Improv Bit)

I suppose I could collect my books and get on back to school
Or steal my daddy’s cue and make a living out of playing pool
Or find myself a rock and roll band that needs a helpin’ hand
Oh Maggie I wish I’d never seen your face
You made a first-class fool out of me
But I’m as blind as a fool can be
You stole my heart but I love you anyway

(guitar bit again)

Maggie I wish I’d never seen your face
I’ll get on back home one of these days……………………………………………………………………..

Sensacional site JUKEBOX! Ouça o que tocava nas rádios quando você nasceu. Ouça músicas por décadas, por ano ou por estilo e até mesmo por artistas. Vale a pena viajar no tempo com as músicas que marcaram. Enjoy.

http://upchucky.org/

Anúncios

Sobre ricardonagy

USP/PUC-SP. Bacharel em Direito PUC-SP. Pós-graduando em Direito Civil pela EPM-TJSP. Bacharel e Licenciado Letras inglês/português USP. Pós-graduado em Tecnologias Interativas Aplicadas à Educação PUC-SP.
Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado . Guardar link permanente.

Uma resposta para 1971: Rod Stewart. Maggie May. De Busker a rockstar.

  1. Rodolfo Vicentini disse:

    Boa, Nagy. Temos que lembrar desses que construiram a história do rock. Para quem se interessar, o Rod Stewart também fez parte da banda de Jeff Beck, um dos maiores guitarristas da hisória, logo após sua saída dos Yardbirds, em que dividia a guitarra com nada menos que Jimmy Page, o fundador da maior banda de hards rock que o mundo já viu: o LEd Zeppelin. O nome da banda era The Jeff Beck Group, fundada em 1967 e que teve como sucesso o álbum Truth. Fica a dica.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s